Breaking

Literatura | Conto | Solidariedade de uma desconhecida.

     Um dia Karen disse a seu irmão Lucio vamos mudar de cidade precisamos conseguir um trabalho para nos manter, aqui só ganhamos para comer e pagar aluguel. Eles moravam sós seus pais haviam falecido em um acidente a uns anos atrás ele trabalhava de pedreiro e ela trabalhava de servente numa escola, tudo que ganhavam era para as despesas de casa, ela sonhava estudar e ter um trabalho com salário melhor, ele como pedreiro ganhava melhor que a irmã. Decidiram ir na casa de uma tia que morava em outra cidade bem maior, depois de passar uma semana lá conseguiram um barraco para alugar a preço bem mais acessível do que pagavam onde moravam, também conseguiu uns móveis usados de uns vizinhos de sua tia, não levariam nada que tinham já era bastante velho e poucos. Depois de 15 dias resolveram tudo em sua cidade e foram para a cidade grande. A tia Catarina aguardava por eles esperava poder ajudar os sobrinhos de alguma forma, Lucio havia reservado um dinheiro para o primeiro aluguel e para se manterem até conseguir um trabalho, achava bem provável que Karen demorasse para conseguir um trabalho. A moça era muito inteligente e bonita, porem tinha pouco estudo, talvez conseguisse em uma loja ou mercado quem sabe, esperava contar com a sorte.
     A moça se organizou de forma que toda a manhã sairia a procura de trabalho e qualquer coisa ela aceitaria não tinha medo de serviço pesado. As duas primeiras semanas foram em vão, ela estava triste havia deixado currículos em todas as lojas e hospitais em todo lugar que houvesse chance de conseguir um trabalho. Disse a Lucio eu estou desanimando você chegou um dia no outro já estava trabalhando e eu como vou fazer, calma irmã ainda é cedo, vai conseguir tenha fé, é linda inteligente, educada vai aparecer tenha paciência. A noite quando assistia televisão para os classificados do trabalho o telefone tocou, era uma mulher com uma voz um tanto cansada, oi sou Marley vi seu currículo onde eu trabalho no hospital infantil, falei com meu chefe para contratar você para o meu setor, estou velha e cansada e somos duas só no setor de crianças com queimaduras, eu vi que é jovem bela e saudável aparentemente, topa fazer um treinamento comigo antes de falar com meu chefe assim quando for chamada terá uma chance dirá que entende de queimaduras, eu aceito claro que sim. Onde tenho que ir, e que dia? Olha Karen virá em minha casa eu dou o endereço para alegria da jovem era bem próximo a sua rua iria a pé mesmo. Na manhã seguinte levantou cedo e foi a casa de Marley depois de um dia todo vendo e lendo ouvindo e respondendo perguntas voltou para casa toda contente, na semana seguinte foi a mesma rotina nos dias de folga da enfermeira, ao fim de 15 dias o setor de queimaduras do hospital infantil chamou para entrevista, ela foi bem treinada disse tudo que a mulher mandou. Voltou para casa empregada no outro dia começaria de 07 as 19 horas 12 horas de plantão, mas estava muito feliz ia poder estudar daí uns meses.
     Depois de certos tropeços se adaptou bem ao setor e ajudada por Marley estava indo muito bem, o chefe do setor de queimaduras o médico Jackson estava contente com seu desenvolvimento com as crianças, era muito carinhosa as crianças mesmo feridas riam na presença da jovem. Dai começou a realização do sonho da moça em estudar, recebeu muitos incentivos e começou todas as noites depois do trabalho ia direto para o curso de enfermagem. Faria um curso técnico e depois faria uma faculdade com certeza, mas a sorte sorriu para a moça, além do trabalho e do curso técnico ganhou um curso preparativo para o próximo vestibular que seria daí 04 meses. Teria que desdobrar em duas, seu irmão começou a sentir o cansaço da moça e tratou de cuidar da casa depois que chegava as 16 horas em casa. O plantão de Karen era esperado pelas crianças e pelos chefes estavam muitos satisfeitos com a jovem enfermeira, a amiga que ajudou ela se sentia orgulhosa havia treinado muito bem, sempre que podia agora era Karen que ajudava a enfermeira nos trabalhos ela estava bem cansada e já tinha uma certa idade, conversando confidenciou a amiga que era sozinha e solteira nunca conseguiu um marido. A moça se mostrou solidaria e perguntou como poderia ajudar, para surpresa da jovem ela disse que que pare de pagar aluguel e venham morar comigo você e seu irmão, viu que minha casa é grande tenho tudo que precisam e assim eu terei companhia para minha velhice, ano que vem me aposento e vou querer viajar, preciso de alguém para cuidar de minha casa e de meus gatos. Quando chegou em casa contou ao irmão ele aceitou de bom grado economizaria dinheiro com despesas e aluguel poderia estudar também igual a irmã. Marley ficou muito contente, depois de algum tempo Karen passou no vestibular e estudava mais que nunca, o trabalho encorajava ela mais e mais, tinha certeza estava na profissão certa, adorava as crianças e tudo que continha na enfermagem. O médico Jackson estava de olho na moça, observou amiga, cuide-se não deixe ele se aproximar se não tiver boas intenções. Faça jogo duro se for amor mesmo ele terá que casar com você, caso contrário não deixarei se aproveitar e sair depois. Mas a moça estava mesmo era interessada nos estudos e focado no trabalho, Lucio já havia um cursinho dentro da área de informática, ele queria conseguir um trabalho melhor e fazer sua faculdade. Marley ajudou os irmãos até eles caminharem sozinhos em suas profissões, mas eles nunca abandonaram ela e a chamavam de mãezinha por que ela tinha um sonho ser chamada de mãezinha.  Quando eles já haviam formado ela estava aposentada fazia suas viagens e sempre voltava para seus filhinhos adotivos que amava muito e era correspondida.



Texto escrito por Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer natureza ou divulgação em qualquer meio, do todo ou parte desta obra, sem autorização expressa da autora sob pena de violação das Leis Brasileiras e Internacionais de Proteção aos Direitos de propriedade intelectual. 

Busque por Tag

. .#amor .#amor. .#ficção .#ficção. .#poema # o desempregado # o sonho que morri #a coruja e joaquim #a lenda da lua #a menina #a menina astrônoma #a modelo em decadencia #a morte de Dorothy #a vida de euclides e eva #abrigo santa helena #agradecimentos #alho #alzheimer #amigas inseparaveis. #amontoados de letras #amor #amores #Animais #anjos. #Arte Cênica #artigo #atitude. #autora #aventuras #aventuras. #aviso #avitoriafeminina #beleza #beneficios #canção #cão #cerveja #comportamento #conto #conto. #conto.#ficção #conto.#ficção. #contos #contos. #coração. #costura #couto #criança #criança levada #Cuidados #culinaria #culinária #Cultura #Cultura. #curiosiades #curiosiades.#romance #curiosiades.#zona rural. #curiosidade #curiosidade. #curiosidades #curiosidades. #curiosidades.#romance #curiosidades#romances#historias #curiosidades#romances#historias#contos #decisoes #atitudes #dia #dia dos namorados #dicas #ebook #educação #enfermagem #escritora #escritoraluziacouto. #estorias #euzinha #família #familia. #ficção #ficção #curiosidades #ficção #curiosidades. #ficção. #ficção.#Cultura. #gabriela #Gatinhos #Gato #generosidade #historias #historias#romances#contos#curiosidades #homenagem. #impossível #inesquecível. #informação #inverno da paixão #irmasseparadas #leitores. #lembranças #lenda #letras. #literartura #literatura #literatura. #livros #lú couto #luar. #luz #luzia #luzia Couto #mãe #mãe. #maria marcia #mensagem #Mércia a médica #minha pequena Mia #mudou #mulher #natureza. #noite #o ciber café #o concurso. #o destino #o olhar deCeleste #olhos. #outono #paixão #paz #pianodasaudade. #poema #poesia #profissionais #prosa #quando o amor acontece. #quando tudo aconteceu #receita #receitas #reflexão #roamances. #roamnces #roamnces. #romance #romance. #romances #romances. #rosas #saudades e lembranças #saudades. #saúde #sedução. #sentimentos #silencio. #sobrevivente #solar #solidão. #solidariedade #sugestões #Teatro #tempo #texto #trabalho #truqes #truques #um inimigo oculto #um patrão do bem #um pequeno jardim #uma mulher marcada pelo passado #uma santa desconhecida #umaconfeiteradesucesso #umamulhermisteriosa #uso #versos #vida #você sabia #yasmim a menina bailarina Boca de Cena Curiosidades literatura