Breaking

Literatura | Conto | As visões de Sulamita.

     Ter pressentimentos e visões era rotina na vida de Sulamita ela desde criança tinha essas visões e pressentimentos eles a chamavam de bruxinha enquanto criança, agora é uma senhora respeitada e procurada por pessoas de longe e alta sociedade. Todas as suas previsões tinham dado certo na vida de Mauro até o momento, ele era um empresário respeitado e admirado fazia trabalho social e nunca aparecia para receber aplausos. Ele sempre fazia questão em não estar presente gostava do anonimato em matéria de obras de caridade. Sulamita sentia as coisas não quando as pessoas queriam mas quando as tocava ela via por conta própria, um dia uma menina sentou perto dela no banco da pracinha enquanto tomava um sorvete e começaram a falar de repente ela sentiu algo na menina, perguntou seu nome e ela respondeu eu me chamo Larissa então a mulher disse você tem família aqui nunca a vi antes, a criança respondeu sim tenho eu moro na rua olhos do coração e minha mãe se chama Delfina, a mulher fechou os olhos e conseguiu ver o que estava prestes a acontecer na vida daquela criança, ela ficaria órfã  seus pais seriam mortos num assalto em poucas horas, a criança terminou seu sorvete e foi embora, a mulher a seguiu e chegou na rua onde ela morava seu corpo estremeceu ela pode sentir a dor da morte dos pais de Larissa, eles tinham acabado de ser vítimas do assaltante que acabou preso mas tinha matado o jovem casal. Sulamita ficou muito aborrecida e resolveu oferecer ajuda a família da menina que apareceu no velório, eles aceitaram e deixaram a menina com ela, por se tratar de uma senhora respeitada e muito conhecida não teve problemas. Mauro que sempre recebeu ajuda da mulher ofereceu seus préstimos para custear os estudos e despesas de Larissa.
     Mauro tinha vários empregados e costumava sempre buscar conselhos com a mulher a qual considerava sua amiga. Ele foi lhe consultar sobre sua família que estava indo fazer uma viajem para o exterior havia tido sonhos com desastres, mas a amiga o tranquilizou dizendo que não sentia nada ao aproximar dele, a viajem foi bem-sucedida, enquanto isto Larissa estava estudando e gostava muito da mulher e a chamava de tia. Sempre prestava atenção nas coisas e nunca viu nada de anormal com a tia, quando alguém dizia que ela morava com a senhora dos sonhos e das visões, ela rebatia dizendo que nunca vira nada de especial apenas muitas pessoas a visitavam, mas ela nunca achou nada de errado. Uma noite enquanto conversavam com ela perguntou tia pode me explicar como vê as coisas eu queria ver também. Abraçando a menina ela respondeu filha eu não posso, apenas sinto e vejo em meu pensamento, mas não tem como ensinar Deus dá este dom a algumas pessoas se ele achar que você merece recebe-lo ele dará, certo minha bonequinha, entendi tia, muito obrigado por cuidar tão bem de mim, sinto falta de meus pais, mas sei que eles devem estar orgulhosos de mim, estou bem nos estudos e sou inteligente e obediente como mamãe ensinava. A mulher sentia algo especial na menina e previa que ela seria sua sucessora quando se fosse, não era atoa que encontrou ela naquela tarde, sabia que do ia acontecer quando viu ela com o sorvete na mão e sentou-se perto dela.
      O tempo passou e muitas outras pessoas que a procuraram tiveram como prevenir os fatos outras não pois fora tarde demais como o senhor David que comprou um carro e colocou nas mãos de um filho que não tinha carteira, ele procurou por Sulamita para saber se o filho passaria na prova de rua da primeira vez, a mulher entristeceu e disse ao homem vá e tome as chaves do carro de seu filho agora, não o deixe sair, eu senti algo muito forte quando segurei sua mão, Larissa ouviu e disse vá rápido senhor eu vi seu filho com uma rosa nas mãos. A mulher chamou a menina e perguntou como foi isto, a resposta veio como imaginava, a pequena Larissa podia ver claramente as coisas acontecendo sem tocar nas pessoas, ela via mas precisava tocar na pessoa, suas visões eram a base de contato, seus pressentimentos eram bem menos claros que os de Larissa. David tomou as chaves do filho, mas este as pegou escondido e morreu envolvido num acidente horas depois. A mulher lamentou e o homem chorou muito a desobediência do filho, mas a menina alegrou o coração do homem dizendo sua esposa está com idade um pouco avançada mas ficará gravida daqui poucos dias. O homem chorava a morte de um, e o nascimento de outro que alegraria seus dias. Mauro tinha perguntado a mulher sobre uma compra de um sítio bem estruturado não muito longe dali, a resposta foi que sim, ele estava contente tinha comprado o sítio e agora queria casar estava noivo a muito anos. A menina disse a ele para se casar e não morar na fazenda do sítio pois eles não seriam felizes lá, que ficasse na cidade, e ele teria filhos gêmeos, Sulamita teve uma visão quando beijou a menina na hora de dormir, conseguiu ver a menina em fase adulta e formada em medicina e ainda seria uma médium a fazer o bem. Sorrindo disse Deus te abençoe minha bonequinha, a menina sentiu também que a mulher que lhe cuidara com tanto carinho viveria até ela lhe dar bisnetos, se abraçaram e dormiram.


Texto de Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodução de qualquer espécie ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele sem autorização prévia e expressa da autora. Os Direitos estão assegurados nas Leis brasileiras e internacionais de proteção à propriedade intelectual e o desrespeito estará sujeito à aplicação das sanções penais cabíveis.

Busque por Tag

. .#amor .#amor. .#ficção .#ficção. .#poema # o desempregado # o sonho que morri #a coruja e joaquim #a lenda da lua #a menina #a menina astrônoma #a modelo em decadencia #a morte de Dorothy #a vida de euclides e eva #abrigo santa helena #agradecimentos #alho #alzheimer #amigas inseparaveis. #amontoados de letras #amor #amores #Animais #anjos. #Arte Cênica #artigo #atitude. #autora #aventuras #aventuras. #aviso #avitoriafeminina #beleza #beneficios #canção #cão #cerveja #comportamento #conto #conto. #conto.#ficção #conto.#ficção. #contos #contos. #coração. #costura #couto #criança #criança levada #Cuidados #culinaria #culinária #Cultura #Cultura. #curiosiades #curiosiades.#romance #curiosiades.#zona rural. #curiosidade #curiosidade. #curiosidades #curiosidades. #curiosidades.#romance #curiosidades#romances#historias #curiosidades#romances#historias#contos #decisoes #atitudes #dia #dia dos namorados #dicas #ebook #educação #enfermagem #escritora #escritoraluziacouto. #estorias #euzinha #família #familia. #ficção #ficção #curiosidades #ficção #curiosidades. #ficção. #ficção.#Cultura. #gabriela #Gatinhos #Gato #generosidade #historias #historias#romances#contos#curiosidades #homenagem. #impossível #inesquecível. #informação #inverno da paixão #irmasseparadas #leitores. #lembranças #lenda #letras. #literartura #literatura #literatura. #livros #lú couto #luar. #luz #luzia #luzia Couto #mãe #mãe. #maria marcia #mensagem #Mércia a médica #minha pequena Mia #mudou #mulher #natureza. #noite #o ciber café #o concurso. #o destino #o olhar deCeleste #olhos. #outono #paixão #paz #pianodasaudade. #poema #poesia #profissionais #prosa #quando o amor acontece. #quando tudo aconteceu #receita #receitas #reflexão #roamances. #roamnces #roamnces. #romance #romance. #romances #romances. #rosas #saudades e lembranças #saudades. #saúde #sedução. #sentimentos #silencio. #sobrevivente #solar #solidão. #solidariedade #sugestões #Teatro #tempo #texto #trabalho #truqes #truques #um inimigo oculto #um patrão do bem #um pequeno jardim #uma mulher marcada pelo passado #uma santa desconhecida #umaconfeiteradesucesso #umamulhermisteriosa #uso #versos #vida #você sabia #yasmim a menina bailarina Boca de Cena Curiosidades literatura