Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 29, 2016

Literatura | Conto | Irmãs separadas | Luzia Couto

Tudo aconteceu numa pequena cidade do interior, onde as pessoas trabalhavam muito e pouco recebiam em troca, as mulheres lavavam e passavam para as madames. Cuidavam das casas e das crianças das madames, ao passo que os homens cuidavam dos currais e das lavouras. Quando a noite chegava todos estavam cansados e nem sequer se lembravam de fazer uma prece. Na manhã de uma sexta feira enquanto Rosinha cuidava de duas filhas menores de sua patroa a malvada Henriqueta, ela ouviu uns gritos de pedido de socorro vindos de um dos quartos do andar de cima da casa.  Como nunca havia entrado na casa ficando apenas no jardim onde brincava o dia todo com Gracinha e Glorinha, ela ficou curiosa, os gritos continuavam. Então Rosinha perguntou a Glorinha quem estava naquele quarto. A inocente criança respondeu é meu irmão que não enxerga e nem fala, ainda tem problema nas pernas que não firmam como as nossas, mas como não fala estou ouvindo gritos de socorro. Quem está gritando é nossa cozinheira a Mat…