Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho 19, 2016

Literatura | Poesia | Amontoado de letras.

Quando tudo parecer incerto feche os olhos e visualize o certo, Talvez o certo nunca exista mas o incerto também não.
Incerto é o amanhã que não conhecemos e as surpresas que nos aguardam, Cheia de incoerências é a vida e nada sabemos diante do incerto futuro.
Quisera o homem com sua sabedoria e sua prepotência poder decifrar o amanhã, Mas este direito de ver o futuro e o que nos aguarda apenas Deus o tem.
No livro escrito com letras coloridas ou em preto e branco desta vida, Apenas o que for verdadeiro e substancial prevalecerá as letras mal escritas apagarão.
Talvez o livro escrito com nossa história seja bela e colorida cheia de flores, Ou talvez apenas um amontoado de letras que nunca formarão palavra alguma.
O homem sábio escreve sua história com letras cursivas percorridas pelos caminhos tortuosos,
O homem tolo escreve um grande livro cheio de amontoados de letras que não dizem nada.
Texto de Luzia Couto. Direitos Autorais Reservados a autora. Proibida a cópia, colagem, reprodu…