Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio 7, 2016

Literatura | Poesia | A folhinha da roseira.

Prometi ao sol, prometi a lua que de você cuidaria, As estrelas ficaram sabendo e disseram ao vento, A chuva tão logo soube contou também as águas, Assim toda natureza e terra souberam do meu trato. Agora como faço você sumiu eu descuidei e se foi, Como te encontro se nem mesmo a lua te viu. Já pedi para o sol, mas ele se nega a me ajudar Me resta o vento, mas certamente não me dirá, As estrelas sim elas me ajudarão, mas as águas Viram para onde se foi e então apagaram seus rastros A mando da chuva. Como fazer para te encontrar ingrata e sem coração, Mas se um dia eu a ver novamente certamente Fingirei que não a vi, mas a lua sua danada clareou Seu caminho e o sol apontou a direção. Oh vento Por que ajudou ela a fugir? Sopraste forte levando Para longe de mim, a chuva malandrinha colaborou Mandando as águas apagar seu pequeno rastinho. As estrelas disseram que a viram, mas não me ajudaram Por que as águas ajudaram, o vento, a chuva o sol Tudo conspirou contra mim, volte aqui folhinha linda da roseira Eu p…